Início » Blog » O que faz um analista de benefícios?

O que faz um analista de benefícios?

Para se tornarem desejadas pelos trabalhadores, as organizações precisam valorizar seus colaboradores oferecendo boas vantagens e benefícios corporativos. Para este propósito, o analista de benefícios tem um papel fundamental.

O analista de benefícios é o profissional que pode oferecer uma visão mais ampla das melhores opções de benefícios corporativos do mercado. Por estar diretamente relacionado à satisfação dos colaboradores, ele também cumpre um papel estratégico nas organizações.

Continue a leitura e descubra o que faz este profissional, seu salário, formação e perfil.

O que faz o analista de benefícios?

O analista de benefícios é o principal responsável por criar, coordenar e fazer valer a política de benefícios corporativos nas organizações. É este documento que estabelece quais são os benefícios oferecidos pela empresa e as regras de concessão, além de conter também os prazos e informações legais.

Além disso, este é o profissional que atua no contato direto com empresas fornecedoras de benefícios corporativos, fazendo parte das negociações e assegurando para a empresa as melhores taxas e o melhor custo benefício. Confira agora as vantages de se contratar uma pessoa analista de benefícios.

Por que contratar um analista de benefícios?

Para as organizações, a principal vantagem de se contratar este profissional é ter alguém com dedicação exclusiva aos benefícios corporativos, avaliando o que está dando bons resultados e o que precisa ser melhorado. Com isso, as organizações garantem uma melhoria considerável nos índices de absenteísmo, rotatividade e satisfação, para não falar dos impactos positivos na imagem empregadora e organizacional.

Algumas empresas até concentram as responsabilidades de gerenciamento de benefícios e pagamento em um único profissional, chamado de analista de remuneração e benefícios. Apesar desta possibilidade, ainda vale a pena ter alguém responsável só pelos benefícios corporativos, uma vez que uma pesquisa do Glassdoor aponta que 80% dos colaboradores preferem melhorias no pacote de benefícios ao aumento salarial.

Para não falar que, com as mudanças recentes do PAT, as organizações cada vez mais sentem a necessidade de um profissional exclusivo para lidar com os trâmites dos benefícios. Confira agora o perfil, salário e formação do analista de benefícios.

Perfil do analista de benefícios

Para administrar os benefícios corporativos de todos os colaboradores de uma organização, há algumas soft skills necessárias. Dentre elas, destacam-se:

  • Pensamento estratégico;
  • Organização;
  • Flexibilidade;
  • Visão analítica para dados;
  • Boa comunicação interpessoal;
  • Habilidades de negociação.

Já as capacidades técnicas necessárias são:

  • Conhecer o Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT);
  • Noções de leis trabalhistas e CLT;
  • Domínio de Excel para controle de gastos;
  • Cálculo e acompanhamento de métricas de RH.

Vale ressaltar que este profissional deve estar sempre atualizado sobre as últimas tendências do mercado de trabalho e dos benefícios corporativos. Inclusive, um dos pontos de atenção dos últimos anos têm sido os benefícios flexíveis, que estão sendo cada vez mais desejados pelos profissionais.

Formação e salário do analista de benefícios

Para lidar com os benefícios corporativos de uma organização, é necessário ter uma formação sólida, que garanta a base dos conhecimentos necessários para desempenhar a função. Por isso, a grande maioria dos profissionais analistas de benefícios são formados em Gestão de Recursos Humanos ou Administração.

De acordo com o portal Vagas, a remuneração média deste profissional no país é de R$3.000,00, podendo chegar até R$3.700,00 mensais dependendo do nível de experiência. Outro adendo importante é que a grande maioria dos que ocupam este cargo possuem experiência prévia em recursos humanos ou em outras funções administrativas.

E aí, conseguiu entender como o profissional analista de benefícios é importante na dinâmica de uma organização? Se gostou do conteúdo, não deixe de compartilhá-lo em suas redes sociais!

0 0 votes
Article Rating

Tópicos

Compartilhe

Este artigo foi feito por

Artigos recentes
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Quer se manter informado sobre o mundo do RH e dos benefícios corporativos?

Inscreva-se na EvaNews,
a newsletter da Eva Benefícios!