6 MENTIRAS sobre os benefícios flexíveis

por

por

Uma mulher de lado para a câmera segurando uma ecobag e um cartão de benefícios flexíveis. No título da imagem, 'mitos e mentiras sobre benefícios flexíveis".

Bem-vindos, entusiastas dos benefícios flexíveis. Não somos a galera do Scooby-Doo, mas hoje iremos desvendar algumas calúnias, mitos e lendas urbanas sobre esta que é uma das maiores tendências do RH.

Os cartões beneflex tiraram as empresas de benefícios tradicionais da zona de conforto ao trazer mais facilidade para os funcionários. Até por isso, sabemos que algumas concorrentes adoram espalhar fake news para descredibilizar essas soluções inovadoras.

E tudo isso acontece porque essas empresas tradicionais, que dominaram o mercado de benefícios por muitos anos, insistem em negar-se a se adaptar a um cenário em constante transformação, que prioriza cada vez mais o bem-estar dos colaboradores, dos lojistas e das empresas.

Mas não se preocupe: a Eva chegou para acabar com tais lendas que são baseadas única e exclusivamente  ̶n̶a̶s̶ ̶v̶o̶z̶e̶s̶ ̶d̶a̶ ̶c̶a̶b̶e̶ç̶a̶ de quem inventa essas lorotas. Sem mais delongas, vamos desmentir mitos sobre os benefícios flexíveis.

6 mentiras sobre os beneflex

É difícil imaginar que, quando os primeiros automóveis surgiram, houve uma grande desconfiança em relação a sua segurança e eficiência em comparação com cavalos e carruagens. Tudo isso pela falta de conhecimento que gerava tais pré-conceitos sobre essa inovação.

E assim foi com diversas outras invenções ao longo da história: a eletricidade, o telefone e diversas outras soluções que chegaram para facilitar a vida do ser humano. Com os beneflex acontece algo parecido.

E muito disso, inclusive, é devido ao desserviço que as empresas tradicionais do setor fazem ao propagar informações falsas sobre tais cartões. Para ficar imune a essas fake news, confira 5 mitos comuns sobre os benefícios flexíveis.

Saiba mais sobre os beneflex.

1. “Benefícios flexíveis são ilegais e podem me tirar do PAT”

Começando com essa afirmação que é mais falsa que nota de R$3. É importante destacar: os benefícios flexíveis estão completamente de acordo com a legislação do Programa de Alimentação do Trabalhador.

As últimas mudanças do PAT trouxeram todo o respaldo para que os tradicionais vale-alimentação e refeição evoluíssem para soluções completas e integradas com os demais benefícios corporativos.

A Eva, inclusive, sempre esteve de acordo com as regras do Programa. Isso, por sinal, não é comum nas empresas tradicionais, que se valiam das práticas de rebate — que foram proibidas em contratos de benefícios corporativos.

2. “Beneflex são só para empresas grandes e com muito orçamento”

Já dizia aquele vídeo do Porta dos Fundos: “errou feio, errou rude”. Os beneflex são soluções econômicas e que cabem no bolso de organizações de médio e pequeno porte, além de microempreendedores individuais.

Se a empresa optar pela Eva, inclusive, é possível economizar bastante com a ausência de taxas de contratação, anuidade, mensalidades ou fidelização. E o nosso cliente ainda tem acesso a funcionalidades exclusivas como Pix do Saldo Livre e pagamento de boleto bancário pelo app.

3. “As empresas de benefícios flexíveis estão fora do PAT”

Mentira. As empresas de benefícios flexíveis surgiram com a necessidade de adequação do cenário dos benefícios corporativos e, por isso, atuam dentro dos limites do Programa. A Eva, inclusive, já nasceu no PAT.

Vale ressaltar que muito das discussões sobre o PAT e as novas regras do vale-alimentação, começaram pela necessidade dos órgãos reguladores de adequar a lei às novas soluções tecnológicas que surgiam.

4. “A gestão dos benefícios flexíveis é complexa”

Essa daqui com certeza foi dita por alguém que ainda não conheceu o dashboard da Eva. Em suma, pela plataforma é possível fazer a recarga dos cartões em poucos cliques.

E além da gestão de benefícios ser simplificada, o colaborador tem toda a facilidade do mundo para administrar seu saldo no aplicativo. Fácil e rápido para que os funcionários não tenham preocupações. 

5. “Concentrar todos os benefícios num só cartão sai mais caro”

Será mesmo!? Considere, antes de afirmar isso, os custos de emissão dos cartões, além de toda a logística envolvida no processo de enviá-los para os funcionários. Torna-se evidente, assim, a vantagem de ter todos os benefícios numa só solução.

Basicamente, você economiza não apenas dinheiro propriamente dito, como também salva o meio ambiente — cartão é plástico, né mores 💋 — e um espacinho a mais na carteira.

6. “As mudanças do PAT só entram em vigor em 2024”

É aquele ditado, não é? “Mentira tem perna curta” e essa, além de tudo, está muito mal contada. saiba que . O que aconteceu de fato, é que um dos pontos da lei do PAT, aquele que previa a portabilidade — em que os funcionários poderiam escolher seu cartão de benefícios — foi adiado para 2024 por conta de indefinições por parte dos órgãos regulamentadores.

O restante das mudanças, dentre a possibilidade de integrar sistemas de pagamento de arranjo aberto e a interoperabilidade, já estão em vigor desde maio de 2023. 

Quero um cartão de benefícios DE VERDADE! Como faz?

É simples! Para não cair no conto de quem só se garante com mentiras, você pode entrar em contato com os especialistas da Eva! Aqui vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre os benefícios flexíveis.

E olha só: geralmente quem conhece o beneflex da Eva, não quer outro cartão de benefícios nunca mais. Entre em contato e descubra a razão por trás disso.

5 3 votes
Article Rating

Tópicos

Compartilhe nas suas redes sociais:

Quer simplificar os processos
da sua empresa?

Comentários

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Quer saber mais?
Fale com a Eva!