EVENTO GRATUITO! Eva Talks RH Visionário: prepare-se para 2024! Saiba mais
EVENTO GRATUITO!
Eva Talks RH Visionário:
prepare-se para 2024! Saiba mais
Quer saber mais?
Fale com a Eva!
Por favor, insira um e-mail corporativo.

7 passos para uma reunião one-on-one (1:1)

por

por

A comunicação efetiva e a confiança entre gestores e colaboradores talvez seja um dos pilares mais importantes dos times de sucesso. Até por isso, muitas organizações têm encontrado vantagens em realizar reuniões one-on-one (1:1) periodicamente.

Esse tipo de encontro, que pode ser realizado semanalmente, quinzenalmente, mensalmente ou até com menos frequência, traz muitas vantagens ao clima organizacional da organização. Além disso, esse esforço também fortalece os laços de confiança entre funcionários e líderes da empresa.

Se você deseja saber, em 7 passos, como fazer uma reunião one-on-one de sucesso, confira o artigo completo. Você também conhecerá as vantagens e o significado deste tipo de encontro.

Banner do cartão de benefícios flexíveis, ou beneflex, da Eva.

O que é a reunião one-on-one?

Em poucas palavras, reunião one-on-one, ou reunião 1:1, é o nome que se dá à reunião entre dois colegas de trabalho

Geralmente, tais encontros acontecem entre os gestores das equipes e os integrantes do time. Tal momento é perfeito para a discussão de projetos futuros, monitorias em prol do desenvolvimento profissional e até para a troca de feedbacks.

💡 E eu disse TROCA de feedbacks! Não é só o líder que tem suas percepções sobre o funcionário, mas o contrário também é válido. 💡

A periodicidade também varia de acordo com o tamanho da empresa. Em empresas maiores e com os setores mais segmentados, o ideal é que os líderes de cada squad façam as reuniões 1:1 toda a semana ou duas vezes ao mês (quinzenalmente).

Em empresas menores, as reuniões one-on-one podem acontecer entre o líder da organização e os demais funcionários. A periodicidade deve variar de acordo com o tamanho do quadro de funcionários da organização.

Confira no vídeo o que é reunião one-on-one e como elas podem te ajudar!

Por que fazer reuniões 1:1?

Há algumas boas razões para investir em reuniões 1:1. Até por ser um espaço de conversa privado, há inúmeras coisas que não poderiam ser discutidas em reuniões em grupo. E este é o ponto chave destes encontros.

Uma análise chamada The One-on-One Study trouxe dados que comprovam a importância de tais reuniões. De acordo com o levantamento, 70% dos gestores e 53% dos mil funcionários entrevistados consideram a importância das reuniões one-on-one como 8, 9 e 10 em uma escala de 1-10.

Confira as vantagens de fazer reuniões one-on-one.

Como fazer uma reunião one-on-one de sucesso? 7 passos

Se você não sabe como fazer uma reunião one-on-one de sucesso, saiba que é mais fácil do que se imagina. Confira a seguir.

Infográfico com os passos para a reunião one-on-one ou reunião 1:1.

1. Estabeleça o objetivo da reunião one-on-one

Ninguém vai para lugar nenhum sem saber para onde quer ir, não é verdade? Por isso, entenda que o primeiro passo é definir o que você espera da reunião. Irá fazer o acompanhamento de um projeto? Quer dar uma monitoria visando o desenvolvimento de determinado funcionário? Ou talvez apenas uma troca rápida de feedbacks?

Saiba quais seus objetivos com a reunião 1:1 antes de marcá-la nas agendas sua e de seu colaborador.

2. Organize as pautas e comunique o colaborador

Assim que já tiver estabelecido o objetivo principal da reunião, é hora de organizar tudo o que precisa ser falado. Isso garantirá objetividade na hora da execução da reunião, e fará com que você não se esqueça de abordar nenhum assunto.

Dessa forma, uma vez que tiver organizado as pautas da reunião one-on-one, você pode encaminhar o convite para o colaborador com tais tópicos que serão discutidos. Isso fará com que ambos — você e o seu funcionário — cheguem para a reunião mais preparados. 

3. Encontre um local e horário que sejam tranquilos

O home office é, sim, um regime de trabalho que oferece inúmeras vantagens às empresas e aos funcionários. Ainda assim, priorize o contato presencial na hora das reuniões 1:1 — caso seja possível.

Assim, encontre um local tranquilo e agradável para tocar a reunião, e garanta que não será interrompido por ninguém. Esse último ponto é fundamental para que o funcionário se sinta confortável para falar o que pensa.

4. NÃO vá direto ao ponto

Ninguém merece aquele chefe que nem te dá bom dia e já chega falando o que precisa ser feito. Uma vez que as reuniões one-on-one são feitas, também, para aproximar os gestores dos colaboradores como indivíduos, aproveite para conhecer um pouco mais sobre aquela pessoa.

💡 Aproveite a ocasião, também, para entender a satisfação daquele funcionário com seu salário e benefícios corporativos. 💡

Como vai a família dela? O que ela tem feito no tempo livre? Qual a percepção dela do equilíbrio entre trabalho e vida profissional que a empresa proporciona? Tais informações ajudam o líder a entender melhor seus colaboradores.

5. Estabeleça um plano de ação

“Ok! Já tive aquela conversa fiada com meu funcionário, e agora?”. É simples: basta acertar, junto ao funcionário, o que precisa ser feito e estabelecer etapas para a realização daquela tarefa.

Entenda também os principais pontos de dificuldade do funcionário, se ele precisará de apoio na execução do trabalho e qual o prazo ele pensa ser o ideal para a realização da tarefa. 

6. Não se esqueça do acompanhamento

Uma coisa importante para ser definida logo após a realização da reunião 1:1 é como e quando se dará o acompanhamento daquela tarefa. Assim, você não garante que o funcionário não ficará sozinho caso tenha dificuldades para prosseguir com o plano de ação.

7. Defina as datas das próximas reuniões 1:1

Assim, é importante já deixar claro para os funcionários qual será a periodicidade das próximas reuniões one-on-one. É importante ressaltar que o gestor deve encontrar o equilíbrio para não saturar os funcionários e nem deixá-los ao léu.

Na maioria das organizações, as reuniões 1:1 são feitas quinzenalmente. Mas você pode aumentar ou diminuir o tempo entre um encontro e outro para adequar a prática à realidade da organização

Por fim…

…foi possível observar que há inúmeras vantagens em acompanhar os funcionários de perto. Além desse acompanhamento, outra ação primordial para garantir a satisfação dos funcionários é investir em bonificações de funcionários que agregam valor às pessoas da empresa.

E para isso a Eva está aqui! Você pode entrar em contato com nossos especialistas e entender sobre como nossas soluções podem contribuir para o desenvolvimento da sua empresa. Até mais!

0 0 votes
Article Rating

Tópicos

Compartilhe nas suas redes sociais:

Quer simplificar os processos
da sua empresa?

Por favor, insira um e-mail corporativo.

Comentários

Subscribe
Notify of
1 Comentário
Oldest
Newest
Inline Feedbacks
View all comments
7 meses atrás

É engraçado que as pessoas em uma organização tem medo de conversar e isso gera um medo quando são chamadas para uma reunião. Quando já tem uma periodicidade isso se torna mais leve e possivelmente melhora a saúde da empresa.
Uma reunião 1:1 tem que ser igual aquelas pessoas religiosas que fazem evangelho no Lar. Dia certo, no mesmo horário, assim as pessoas já estão preparadas para o alinhamento da empresa E quanto mais alinhada mais próspera a empresa é.

Quer saber mais?
Fale com a Eva!
Por favor, insira um e-mail corporativo.