Início » Blog » Alimentação de gestantes no trabalho pós-pandemia
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Alimentação de gestantes no trabalho pós-pandemia

As mulheres estão cada vez mais inseridas no mercado de trabalho e, para aquelas que têm o desejo de serem mães, elas precisam conciliar a gravidez com seus empregos. Nesse cenário, uma das maiores preocupações que surgem é quanto à alimentação de gestantes no trabalho.

No modelo de trabalho home office — que se popularizou com a pandemia — a alimentação, seja pedindo por delivery ou fazendo a própria refeição, é responsabilidade dos colaboradores. Vale ressaltar que, de acordo com o PL 2058/2021, as empresas devem providenciar o afastamento obrigatório do trabalho presencial da gestante não imunizada contra o coronavírus.

No entanto, já existem discussões no Senado para o retorno das gestantes. Então, como proceder com a alimentação no trabalho num contexto pós-pandemia?

Venha comigo saber mais sobre a importância de uma alimentação saudável na gestação de forma geral e no local de trabalho.

Importância da alimentação adequada na gravidez

A alimentação adequada ao longo do período gestacional exerce um papel importante sobre a saúde da mãe e do bebê. Isso se deve, pois os nutrientes ingeridos ao longo desse período afetam diretamente o desenvolvimento do feto.

Vale ressaltar que as necessidades nutricionais aumentam e a maior parte das gestantes reclama de fome o tempo todo, sendo isso um sintoma comum da gravidez. Isso se deve, pois, durante a gestação, há um gasto calórico maior, sendo necessária uma maior ingestão de nutrientes para suprir as necessidades fisiológicas da mãe e para o desenvolvimento do bebê. 

Por isso, a alimentação de gestantes no trabalho também merece atenção — assim como em qualquer outro momento do dia.

Por isso, o ideal é procurar um nutricionista para que a alimentação seja individualizada e adaptada, levando em conta as semanas da gestação. Mas de forma generalizada, recomenda-se a adoção de um estilo de vida saudável que otimize a saúde da mãe, reduzindo o risco de complicações durante a gravidez.

Veja agora dicas importantes para a alimentação no período de gestação.

A alimentação de gestantes no trabalho

Fique com 6 dicas importantes de como se alimentar de forma saudável na gestação mesmo quando tiver trabalhando.

Não fique longos períodos sem se alimentar

Divida as refeições ao longo do dia, comendo frutas e oleaginosas entre elas. Mantenha também o almoço e jantar sempre com porções moderadas e uma variedade de cores.

Aposte em frutas e vegetais

Eles são ótimos aliados nessa fase por conterem água, fibras, minerais e vitaminas. Além disso, invista também nas folhas verde-escuro, que são fontes de ácido fólico — essencial para a formação do tubo neural do bebê. 

Dê preferência para carnes magras

Me refiro aos cortes magros de carne vermelha, aves ou peixes. Consuma esses sempre bem cozidos para impedir contaminação de bactérias. Por isso, também evite alimentos crus.

Evite comidas industrializadas

Isso envolve carnes processadas, como salsichas, linguiças, sopas em pó, bolachas recheadas, gelatina em pó, salgadinhos de pacotes, entre outros. 

Controle a ingestão de cafeína

Os especialistas divergem sobre o consumo dessa substância na gestação, sendo que alguns recomendam a suspensão de alimentos como guaraná, café e chocolate, enquanto outros sugerem o consumo com moderação.

Consuma leite e derivados

Tais quais queijos e iogurtes, optando sempre pelas versões magras ou desnatadas. O ideal é consumir cerca de três porções ao dia.

Agora, como as gestantes podem combinar essas orientações com o trabalho? Veja a seguir.

Outros cuidados com a gestação no trabalho 

É fato que conciliar o trabalho com a gravidez pode não ser uma tarefa muito fácil. Além dos sintomas frequentes como o enjôo, as gestantes também devem encaixar as consultas e exames em sua rotina.

Os cuidados com alimentação no local de trabalho devem ser dobrados. Já vimos a importância de se alimentar de forma saudável, e esses mesmos hábitos devem prevalecer no local de trabalho, uma vez que é lá que estamos em grande parte do dia. E não importa se estamos falando de trabalho híbrido, presencial ou home office. 

É importante que a gestante siga algumas dicas para garantir a sua saúde e a do bebê. Como por exemplo: manter uma garrafinha por perto para se manter sempre hidratada, além de evitar estresse — quando isso for possível.

Ter horários para realizar as refeições é igualmente importante. Ao levar comida para o local de trabalho, priorize os alimentos leves e, se for pedir delivery ou ir em algum restaurante, faça escolhas saudáveis para compor seu prato. 

Como empresas devem agir com mães colaboradoras

O bom relacionamento na empresa também é importante nessa fase. As empresas devem respeitar a gestante e dar condições para que possa ter uma gestação tranquila, respeitando todos os direitos da gestante.

Há outras formas também que as empresas podem apará-las: benefícios específicos para gestantes. Dentre eles, licenças maternidade, plano de saúde que cubra os acompanhamentos necessários, auxílio-creche e outras opções como benefícios flexíveis para se adaptar a realidade da gestante.

Com este último item, por exemplo, podem ser disponibilizados benefícios relativos somente à alimentação — que pode ser desde um cartão de alimentação ou refeição da gestante no trabalho — ou até mesmo ligados à saúde.

Cartão da Eva Benefícios está à esquerda. Ao centro, o texto "8 categorias de benefícios flexíveis para seus colaboradores com custo zero". À direita, um botão escrito "Clique e venha conhecer"

Por fim

Fica evidente, então, que a gestação é uma fase muito importante e que demanda cuidados. Ao pensar em sua alimentação no home office ou no ambiente de trabalho, a gestante deve se atentar com sua dieta para garantir tanto a sua saúde quanto do bebê. 

Se gostou do conteúdo, compartilhe-o em suas redes e não se esqueça de marcar suas amigas gestantes ou que desejam ser mães!

5 1 vote
Article Rating

Tópicos

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Este artigo foi feito por

Artigos recentes
Mão segurando papel escrito "Eva Benefícios: Flexibilidade em suas mãos".
Acontece na Eva
Leonardo Grein

Se não há taxas, como a Eva lucra?

A Eva Benefícios surgiu com a proposta de simplificar os benefícios corporativos para o RH e, consequentemente, para o colaborador. Inclusive, um dos principais diferenciais

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments