Início » Blog » Guia para implementar ou trocar benefícios corporativos
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Guia para implementar ou trocar benefícios corporativos

Implementar um plano de benefícios na sua empresa é um desafio que deve ser encarado com muita seriedade. Caso contrário, há chances de gerar insatisfação no quadro de colaboradores e, assim, aumentar a rotatividade de pessoas. O cenário é desagradável, não é?

Os benefícios corporativos tiveram início no Brasil a partir da CLT, segundo a história do RH em nossas terras tupiniquins. As férias remuneradas, o 13º salário e vale transporte são os benefícios obrigatórios que surgiram com a CLT. No entanto, o cenário de benefícios no país — e no mundo — vai além: eles são um estratégia de retenção e atração de talentos.

Por isso, agora a tendência é os benefícios serem cada vez mais flexíveis.

Vamos entender, então, como implementar benefícios na sua empresa e torná-la um ótimo lugar para se trabalhar.

O que são benefícios flexíveis?

Os benefícios flexíveis são pacotes de benefícios que podem ser personalizados de acordo com a realidade das empresas e seus colaboradores.

Além dos clássicos alimentação e refeição, um pacote de benefícios flexíveis podem oferecer saldos para que os colaboradores adquiram cursos profissionalizantes e livros, abasteçam automóveis, comprem em farmácias, frequentem cinemas, sejam bonificados por algum destaque na equipe, dentre outras possibilidades.

Assim como os benefícios tradicionais, os flexíveis também podem ser implementados por qualquer empresa, de MEI (Microempreendedor Individual) aos grandes CNPJs.

A utilização deles pode ser através de um cartão de benefícios como a Eva. Uma das principais vantagens de usar um cartão para esse fim é a desburocratização de benefícios — além da própria flexibilidade de poder ser usado como e onde quiser.

Cartão da Eva Benefícios está à esquerda. Ao centro, o texto

8 passos para implementar ou trocar os benefícios na sua empresa

Tanto o processo de implementação ou de troca de benefícios exigem atenções muito parecidas. Como ambos os processos impactam as pessoas, elas precisam ser levadas em consideração.

Portanto, o estudo e olhar estratégico são ferramentas essenciais para implementar ou trocar os benefícios da sua empresa da forma correta.

Quero dizer que não existe uma fórmula que vá funcionar em qualquer empresa. Afinal, o quadro de funcionários são diferentes, com perfis e necessidades diferentes. Assim, o que fizer sentido para um não necessariamente fará para outro.

Com isso tudo em mente, vamos para o passo-a-passo para implementar os benefícios.

Entenda as necessidades estratégicas da empresa

A diretoria da empresa representa o lado estratégico do negócio, isto é, ela quem decide os objetivos e estratégias. Muitas das vezes, o alcance da meta traçada pelo board pode depender de benefícios, como treinamentos, por exemplo.

Se for o caso de uma empresa que esteja sofrendo com a rotatividade de pessoas, melhorias salariais ou no pacote de benefícios também são soluções plausíveis. Assim, se a meta for aumentar em 15% as vendas, sem pessoal para contribuir não será possível.

Assim, é importante que sejam entendidas as visões do nível estratégico e, a partir daí, seguir para o passo de entender as necessidades dos colaboradores.

Pesquise junto aos colaboradores

Essa é a parte mais importante na hora de implementar ou trocar os benefícios da sua empresa: ouvir as pessoas.

A pesquisa de satisfação dos colaboradores é um processo que deve ser recorrente, pelo menos semestralmente. Abrir um espaço para que as pessoas possam falar sobre como se sentem dentro da organização é fundamental. Os assuntos “salário” e “benefícios” costumam aparecer nessas pesquisas.

Neste processo, é importante que esteja claro para o seu RH o que os empregados desejariam ter como benefícios. Então, entenda o atual cenário e projete o futuro de acordo com as necessidades.

Mas não só qual o tipo de benefício as pessoas querem ter deve ser pesquisado. A forma como usam e os desafios do dia a dia também. Isso porque benefícios fixos costumam trazer dificuldades e burocracias pras pessoas, por exemplo, o que justifica o crescimento das soluções de benefícios flexíveis.

Pode acontecer dos benefícios atuais já serem bem interessantes, mas ainda assim não oferecerem a melhor experiência. Assim, o olhar precisa ser bastante cirúrgico na hora de fazer a pesquisa e analisar os resultados dela.

Mapeie os benefícios existentes e as novidades

Um assunto bastante comum quando nos aproximamos do fim do ano são as tendências. O mesmo vale para os benefícios. 

Conferir o que tem surgido de novo ou o que está em alta é interessante para trazer insights ou descobrir o que falta na sua empresa.

Faça benchmarks

Os benchmarks servem para fazer um comparativo entre você e o outro semelhante. Aqui podem ser pesquisadas benefícios dos concorrentes. Recomendo altamente fazer este comparativo, pois assim é possível amenizar frases como “aceitei essa proposta porque o lugar novo tem melhores benefícios”.

Outra dica é fazer benchmark com empresas que possuem os mesmos profissionais que o seu quadro de colaboradores.

Aproveite pra adicionar à lista aquelas empresas que são “great place to work” e tirar insights a partir de suas vivências.

Levante orçamentos

O correto a fazer é ter opções e poder escolher entre a melhor de todas. E, claro, a decisão final estará nas mãos da diretoria e financeiro.

O valor a ser investido deve ser bastante claro, e as vantagens em cada solução também. Isso não impede do RH apontar seus próprios prós e contras 一 e nem de consultar colaboradores.

Teste os benefícios em pequena escala

Caso ainda existam dúvidas sobre a transição dos benefícios, uma possibilidade é fazer um teste. Escolha algumas pessoas para testar, colete feedbacks e aí sim tome a decisão final.

Isso se aplica ao cenário de troca de cartão de benefícios, saindo do tradicional e indo para o modelo flexível, como a Eva. Enquanto toda a empresa se mantém no antigo, algumas pessoas podem testar o novo para avaliar a experiência.

Implemente os novos benefícios

Mas antes… Comunique as pessoas da sua empresa! Toda e qualquer mudança que impacte diretamente nelas, elas devem estar devidamente cientes disso. Se possível, as permita participar do processo de decisão.

Essa comunicação pode ser via e-mail, reunião geral (remota ou presencial), individualmente ou mensagem no software de comunicação empresarial.

Com todos avisados das decisões, é hora de fazer a implementação dos novos benefícios.

Mensure a utilização dos novos benefícios

Quando as pessoas falam que os dados são o novo petróleo, é porque estamos numa era avessa ao achismo. Embora o correto seja fazer uma pesquisa para entender qual seria o melhor plano de benefícios, não devemos deixar de mensurar!

Portanto, acompanhe o uso dos benefícios e questione:

  • o pessoal está mesmo usando?
  • a experiência está positiva?
  • trouxe mesmo facilidades?
  • os resultados esperados vieram?

Se a resposta foi sim para todas, então quer dizer que a implementação de benefícios, ou troca, foi de fato efetiva. Caso contrário, entenda os porquês e vá atrás de mudar este cenário.

Seguindo esses passos, não tem erro na hora de implementar ou trocar os benefícios na sua empresa. Se fizer sentido para sua empresa aderir aos benefícios flexíveis, aproveite para conhecer o cartão da Eva!

Ficou alguma dúvida? Fique a vontade para perguntar nos comentários!

5 2 votes
Article Rating

Tópicos

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Este artigo foi feito por

Artigos recentes
Três mulheres uma ao lado da outra, todas de óculos escuros.
RH
Leonardo Grein

Tendências de RH para 2022

Desde 2020, o mundo do trabalho — assim como o resto do mundo — tem passado por transformações significativas em todos os âmbitos. Já em

benefícios home office
Benefícios
Leonardo Grein

Benefícios para colaboradores em home office

Já não é novidade que, apesar do período de adaptação ter sido difícil, o home office fez com que inúmeras pessoas e empresas desenvolvessem preferência

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments