Início » Blog » O que é o Departamento Pessoal?

O que é o Departamento Pessoal?

O RH cada vez mais se consolida como uma área fundamental para o funcionamento e desenvolvimento de qualquer organização. Nesse setor — que sofreu mudanças importantes ao longo de sua história — estão concentradas as áreas de Planejamento Estratégico, Treinamento e Desenvolvimento, Recrutamento e Seleção, Cargos e Salários, Saúde e Segurança do Trabalho, além da área de Departamento Pessoal (DP), que iremos tratar no texto.

Se você perguntar para qualquer pessoa sem entendimento da área “o que faz o Departamento Pessoal”, a resposta provavelmente será algo sobre demissão de funcionários. Grosso modo, não está errado, mas o Departamento Pessoal também lida diretamente com outras questões como pagamento, admissão, férias, licenças, controle de ponto e benefícios dos colaboradores

Bateu a vontade de conhecer mais sobre essa área? Então continue lendo que iremos te mostrar as principais atividades desempenhadas por esse setor, como se dá a formação desses profissionais e qual é o salário por cargo no departamento. Vem comigo!

Qual a diferença entre RH e Departamento Pessoal?

A diferença entre Recursos Humanos e Departamento Pessoal muitas vezes podem ser mínimas, uma vez que empresas menores geralmente concentram as atividades de RH e DP em um único colaborador. Mesmo assim, é importante compreender que ambos setores precisam estar alinhados e são de extrema importância para a gestão da organização.

Confira no vídeo abaixo as principais diferenças entre departamento pessoal e recursos humanos:

Em suma, o DP concentra as atividades relacionadas à administração dos colaboradores, como admissão, rescisão e compensação. Já o RH, lida com questões comportamentais como a satisfação dos funcionários e clima organizacional, de modo a extrair o máximo de produtividade, desenvolver os colaboradores em prol da empresa e alinhá-los com os objetivos organizacionais.

O que faz o Departamento Pessoal?

Dentro do setor de Recursos Humanos, o Departamento Pessoal é aquele que lida com as burocracias envolvidas na relação entre organização e colaborador.

Confira agora as principais atribuições do profissional de DP: 

Gestão de benefícios

De acordo com pesquisas do Glassdoor, os benefícios oferecidos pela empresa são um dos principais pontos que os profissionais avaliam para escolher onde trabalhar. Nesse sentido, cabe ao profissional do Departamento Pessoal avaliar os benefícios que melhor se encaixam nas necessidades dos colaboradores e da empresa.

Admissão

Após o recrutamento, cabe ao DP realizar os exames admissionais, documentação e cadastro do novo colaborador no sistema. Além disso, a realização do onboarding — etapa de integração do funcionário à empresa — também é fundamental para adaptar o contratado à rotina e cultura da organização.

Rescisão

Da mesma forma que a vida não é feita só de coisas boas, o DP também não. Seja qual for o motivo do desligamento, são os profissionais do DP que devem organizar a realização do exame demissional, a carta de demissão e os pagamentos rescisórios. Os trâmites legais também entram no pacote de tarefas.

Pagamento

Aqui, o DP deve considerar o lançamento das horas trabalhadas, faltas e descontos do funcionário naquele determinado período e, após lançar e conferir tudo isso, realizar o pagamento. Nesse âmbito, também fica a cargo desses profissionais calcularem e pagarem os impostos como INSS e FGTS.

Controle de frequência

O controle de frequência pode ser feito de forma manual ou eletrônica. Para qualquer um dos casos, é o Departamento Pessoal que deve acompanhar as marcações de ponto e fazer o levantamento de faltas, atrasos e horas extras, além de lidar também com as inconformidades — quem nunca esqueceu de marcar o ponto, né?

Essa tarefa deve ser realizada de forma meticulosa, uma vez que o controle de horas trabalhadas e de frequência são consideradas na hora de calcular o pagamento mensal do funcionário.

Atestados, afastamentos e licenças

Validar a autenticidade, lançar na frequência e controlar o número de atestados médicos também cabe ao Departamento de Pessoal. Além disso, o setor também fica responsável por solicitar e acompanhar o afastamento e as solicitações de licenças dos funcionários.

Controle de férias

Após o período estipulado, cabe ao Departamento Pessoal agendar e controlar o período de férias dos colaboradores. Após fazer a solicitação, o DP também calcula os vencimentos que o funcionário receberá por aquele período de folga.

Processos trabalhistas

Em casos de ações trabalhistas contra a empresa, é responsabilidade do Departamento Pessoal acompanhar o processo e representar a empresa em qualquer audiência. Também por isso, os profissionais desta área precisam estar sempre a par das leis trabalhistas.

Tirar dúvidas

Mesmo que ser convidado para conversar com o DP não seja visto como um bom sinal, esse é o setor mais indicado para o esclarecimento de qualquer dúvida sobre os trâmites trabalhistas. Por isso, é essencial que o Departamento Pessoal cultive uma relação clara e harmoniosa com os demais colaboradores.

Os profissionais do DP

Lidar com os trâmites referentes aos direitos e deveres dos colaboradores de uma empresa pode não ser uma tarefa fácil. Bruna Pereira, responsável pelo Departamento Pessoal da Usemobile, conta que trabalhar nesse setor requer muita dedicação, organização e atenção aos detalhes.

Perfil

De acordo com Bruna, existem diversas características e competências que são comuns aos profissionais do Departamento de Pessoal. Para ela, “é essencial que a pessoa tenha atenção aos mínimos detalhes, já que qualquer lançamento errado pode ocasionar processos ou dores de cabeça para a empresa”.

Além disso, por ser uma área que lida diretamente com pessoas dos mais diversos cargos e perfis, a comunicação interpessoal também é uma característica indispensável àqueles que trabalham na área. A capacidade de organização — para cumprir com os prazos e leis vigentes — também é considerada pelos entrevistadores na hora de contratar um profissional para o DP.

Cargos

Assim como em qualquer outro setor de uma empresa, o Departamento Pessoal também é dividido por cargos. É claro que, como já enfatizamos aqui, a realidade varia de acordo com o porte de cada empresa, mas de maneira geral, podemos dividir os cargos do DP em quatro:

Gerente de DP

Esse profissional não apenas coordena os demais funcionários do departamento, como também organiza o cronograma e assegura que a empresa cumpra os prazos dispostos por lei. Geralmente, os que ocupam esse cargo nas empresas possuem formação em Contabilidade ou áreas correlatas.

O salário de um Gerente de Departamento Pessoal pode variar de acordo com a empresa, a formação e a experiência do funcionário. No Brasil, a média salarial do cargo fica em torno de R$4.418.

Analista de DP

O analista de Departamento Pessoal é o funcionário que assegura que as leis trabalhistas e previdenciárias sejam cumpridas corretamente. Trabalha também como um braço direito do gerente, supervisionando os processos do departamento e lidando com as solicitações dos funcionários.

Os Analistas de DP têm salário médio de R$2.917 e geralmente possuem formação em Gestão de RH ou Administração.

Assistente de DP

O assistente de DP, mesmo que possua pouca autonomia para a realização de algumas tarefas menores, atua sob a supervisão do Analista e do Gestor para auxiliar no cumprimento das burocracias.

Dentre as principais funções do Assistente de Departamento Pessoal, estão ajudar nos cálculos de vencimentos e atualização do cadastro dos colaboradores.

O salário médio do Assistente de DP é de R$2.032.

Auxiliar de DP

Este cargo pode até ocupar uma das posições mais baixas do Departamento Pessoal, mas ainda assim executa tarefas primordiais para o setor, tais como atualização de planilhas, escaneamento de documentos, preenchimento de fichas e arquivamento de dados. 

A média salarial de um auxiliar de DP é de R$1.600 e os profissionais que atuam nessa função podem ou não possuir uma formação superior. 

Como vimos no texto, o Departamento Pessoal é importante não apenas para fazer com que a empresa ande alinhada com as leis trabalhistas, mas também está diretamente ligado a outras atividades essenciais para o funcionamento de uma empresa.

Antes de ir, só não esqueça de deixar seu comentário abaixo e nos dizer o que achou sobre o texto.

Tópicos

Compartilhe

Este artigo foi feito por

Artigos recentes